Renan Perovano Ferreira
Direito de Família

A pensão por morte tem duração máxima variável, considerando a idade de quem irá receber.

Para o cônjuge, o companheiro, o cônjuge divorciado, separado judicialmente ou separado de fato que recebia pensão alimentícia, há de considerar a tabela abaixo:

Pensão por morte

Para o cônjuge inválido ou com deficiência, o benefício é devido enquanto durar a deficiência ou invalidez, respeitando-se os prazos mínimos*;

Para os filhos (equiparados) ou irmãos do falecido, desde que comprovem o direito, benefício é devido até os 21 anos de idade, salvo em caso de invalidez ou deficiência.

 *Se o segurado falecido vier a óbito sem que tenha realizado no mínimo 18 contribuições ao INSS ou se o casamento ou união estável se iniciou em menos de 02 (dois) anos antes do falecimento do segurado, o benefício terá duração de 04 (quatro) meses. 

Quer saber se possui direito ao recebimento da pensão por morte ou outros direitos decorrentes? Entre em contato e esclareça suas dúvidas.

PORTO ALEGRE - MATRIZ
Av. Getúlio Vargas, 1594/601 - Menino Deus
(51) 3212 6423 / (51) 9 9788 5800
         E-mail: atendimento-poa@rauadvocacia.com
CANOAS - FILIAL
Rua Julio de Castilhos, 216 - Niterói
(51) 3191 9281 / (51) 9 8029 5195
         E-mail: atendimento-canoas@rauadvocacia.com

Acompanhe!